10 de setembro de 2015

Tudo tem limites, principalmente no uso da tecnologia.

Por:Josiane em    Sem Comentarios

Estava voltando do centro para minha casa e avistei uma cena muito estranha e deprimente. Um grupo de 8 meninas aparentemente na faixa de 15 a 17 anos, parecia voltar da academia ou coisa parecida até então normal andar em grupo o estranho foi que todas estavam olhando para a tela de um smartphone e cansando os dedos de tanto que digitava, observei que não conversavam animadamente entre elas, não  reparavam no movimento da rua, não contemplavam a natureza, não reparavam  na feição do desconhecidos passando nas calçadas e muito menos no trânsito. E isso é muito triste, não sou velha mais a minha geração, ansiava para o encontro com as amigas "reais" para tagarelar, ria uma da outra, caminhava nas ruas admirando a natureza, prestando atenção no trânsito, olhando novas pessoas e memorizando seus rostos, fazendo novos amigos sem uso de redes sociais. Passavam emoção, construíam  história reais e não virtuais. Sim  usavam um celular mas somente para combinar algo ou na ausência de uma pessoa que não podia estar presente. É muito triste ver essa cena onde as consequências são depressão e ansiedade, os adolescentes devem receber atenção especial devido eles estar em processo de formação psicológica e social. Os estímulos proporcionados no ambiente virtual é muito pobre comparado com o real e quando são privados desses estímulos reais são tomados de uma carência muito grande e a falsa ideia do mundo real perfeito onde as pessoas tendem a postar e compartilhar somente o que há de melhor traz como consequência a baixa autoestima.

Nenhum comentário:

© COPYRIGHT 2011-2015 LOLITAS COR-DE-ROSA - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. | DESIGN E PROGRAMAÇÃO DESENVOLVIDO POR: JOSIANE ALVES